Volume
Redes
Sociais
China quer estreitar parceria de desenvolvimento com a Índia, diz Xi Jinping
29/07/2018 - 2h27 em Novidades

Fonte: CRI ChuiO presidente chinês Xi Jinping disse na quinta-feira que a China está disposta a consolidar e desenvolver uma parceria de desenvolvimento mais estreita com a Índia.

Xi Jinping fez a observação ao se reunir com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi no marco da 10ª Cúpula do BRICS em Johannesburgo, África do Sul. É a terceira reunião entre os líderes em três meses. "Fornecemos um projeto de alto nível para os laços bilaterais de uma perspectiva holística e modo oportuno, o que é favorável para mobilizar os elementos positivos de todos os setores em ambos os países e unir a vontade das 2,6 bilhões de pessoas dos dois países, a fim de formar uma força que impulsione os laços bilaterais no futuro", disse.

Xi Jinping indicou que o lado chinês está disposto a trabalhar com o lado indiano para manter o ímpeto das relações bilaterais depois de sua reunião informal na cidade central chinesa de Wuhan, em abril.

O líder chinês pediu que os dois lados implementem o importante consenso atingido pelos dois líderes na reunião de Wuhan. Ele pediu que os dois lados fortaleçam a comunicação estratégica, aumentem a confiança mútua, promovam a cooperação prática, assim como os intercâmbios culturais e entre pessoas, fortaleçam o diálogo e lidem adequadamente com as diferenças.

Tanto a China como a Índia são países com antigas civilizações, e deram importantes contribuições para o avanço da civilização humana, disse Xi Jinping.

Modi disse que ele e Xi Jinping reuniram-se três vezes em três meses, o que demonstra totalmente que os dois países desfrutam de uma relação bilateral de alto nível.

A reunião de Wuhan é um marco na história das relações Índia-China, o que aumentou muito a confiança mútua e trará novo ímpeto e oportunidades para o desenvolvimento de longo prazo das relações bilaterais, disse.

O lado indiano está disposto a manter diálogo e comunicação estreita com o lado chinês, aprofundar a cooperação em diversas áreas, lidar adequadamente com as diferenças, fortalecer a cooperação dentro de um marco multilateral e tratar juntos os desafios enfrentados pelos países em desenvolvimento e países de mercado emergente, como o protecionismo e as flutuações do mercado, para promover sua parceria de desenvolvimento mais estreita, disse Modi.

 

Fonte: CRI China

 

COMENTÁRIOS