Ofertas
Fundador da TSMC prevê menos médicos e nenhum motorista de táxi dentro de 20 anos
09/10/2017 - 1h17 em Tecnologia

A Taiwan Semiconductor Manufacturing (TSMC) continuará a ser um líder da indústria, com crescimento impulsionado pela Internet das Coisas, automotivo, computação de alto desempenho e celulares, disse o presidente do conselho Morris Chang em uma entrevista. 

 

Chang, 86 anos e apelidado de pai do setor de semicondutores de Taiwan, por transforma a fornecedora da Apple Inc na maior fabricante de semicondutores do mundo, disse que espera táxis sem motorista entre 10 e 20 anos e vê a inteligência artificial (IA) substituir muitos médicos. 

“Nós vamos estar lá, espero que à frente qualquer um. Mas pelo menos vamos estar lá com outras pessoas nos limites da tecnologia”, disse Chang à Reuters na sede da empresa em Taipé. 

O executivo espera que a TSMC, com um valor de mercado em cerca de 185 bilhões de dólares, aumente suas despesas de capital entre 5 a 10 por cento nos próximos cinco anos e continue investindo em pesquisa e desenvolvimento onde emprega cerca de 6 mil trabalhadores. Ele também espera uma maior consolidação no setor de chips. 

“Precisamos estabelecer parcerias em internet das coisas, automotivo, computação de alto desempenho”, disse ele, acrescentado que os celulares ainda possuem perspectivas brilhantes para os próximos anos. “Essas são as quatro plataformas de crescimento que identificamos”. 

As observações de Chang vêm dias depois do anúncio de que o executivo irá se aposentar no próximo mês de junho. Ele será sucedido por Mark Liu.

COMENTÁRIOS